14 de junho de 2017 | Convivendo com o Câncer, Notícias | câncer imunoterapia tratamento oncológico

Imunoterapia: o maior avanço na luta contra o câncer

Combater o câncer com medicamentos que estimulam o sistema imunológico para que […]

Combater o câncer com medicamentos que estimulam o sistema imunológico para que ele reconheça e destrua as células cancerosas. É assim que a imunoterapia – considerada pela ASCO (Sociedade Americana de Oncologia Clínica) o maior avanço contra a doença, em 2016 – age contra o câncer, que ainda é a segunda maior causa de mortes no mundo.

O tratamento, que compreende uma gama diversificada de medicamentos, está sendo estudado para combater diversos tipos de câncer como melanoma maligno, câncer de bexiga, de pulmão, linfoma, leucemia, entre outros. “Quando bem indicada, a imunoterapia tem o objetivo de tratar o câncer sem causar os mesmos efeitos colaterais da quimioterapia convencional, chamada citotóxica. Assim conseguíramos realizar um tratamento oncológico com menor impacto na qualidade de vida do paciente e – em algumas situações – com maiores chances de sucesso”, explica Mariana Batista, oncologista do InORP/Grupo Oncoclínicas.

“O câncer neutraliza as células de defesa do organismo, impedindo-as de agir, e é nesse momento que as drogas imunoterápicas entram, bloqueando esse processo”, comenta. A especialista ainda ressalta que o uso do método dependerá da localização do tumor primário do paciente, bem como a situação do mesmo no tratamento. No Brasil a imunoterapia pode ser encontrada somente através de atendimento particular e convênios de saúde. “Devido ao seu alto custo, infelizmente, os novos tratamentos ainda não são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, finaliza.


Compartilhe

Deixe seu comentário:

+ comentários